Lendas vivas: Aerosmith

Está chegando o dia do Aerosmith pisar no Brasil mais uma vez. Agora será mais especial porque a banda de Steven Tyler tocará em Belo Horizonte pela primeira vez na história. O que pode tornar esse próximo dia 18 de setembro ainda mais inesquecível é que também será a minha 1ª vez assistindo a um show da banda.

A última passagem pelo Brasil foi em 2016, quando o grupo se apresentou em São Paulo, Porto Alegre e Recife. Infelizmente, dei o mole de perder isso – o que não se repetirá agora. Confesso que estava com tudo preparado para dar uma pirada e sair acompanhando a banda em todos os shows nessa turnê, mas a confirmação do U2 e a possibilidade remota do Radiohead me fizeram controlar a mão.

O Aerosmith foi a minha primeira grande paixão musical internacional. Depois do clipe de “Pink” causar uma série de impressões, superei o choque inicial e corri atrás para conhecer mais e mais desta banda fantástica.

Um amigo meu chamado Thiago disse que eu deveria ouvir a coletânea Big Ones, que tinha os principais sucessos da carreira de Steven Tyler, Joe Perry e cia. Thiago não estava enganado. De cara levei aquela porrada na orelha com “Walk on Water”, que eu ainda era inédita pra mim. “Love in an Elevator”, “Dude”, “Crying”, “Amazing”, “Crazy” eram as minhas favoritas – e eu ouvia aquele cd todos os dias durante os anos de 1997, 1998.

Com meus 12 anos de idade, não passava pela minha cabeça que um dia seria capaz de ver esses caras ao vivo. Na real, naquela época, acho que nem tinha ideia de que era possível ver uma banda internacional ao vivo. Os anos se passaram e as oportunidades vieram. Perdi todas. Falta de dinheiro, falta de informação (teve um show que eles vieram e só fiquei sabendo no dia, pois seria transmitido na tv) e outros fatores colaboraram para isso.

Saber que estou tão perto agora de riscar da minha lista aquela que foi a primeira grande banda que ouvi, conheci, e me apaixonei causa arrepios na minha unha. Estou contando os dias para voltar pra casa totalmente sem voz e com a sensação única de relembrar quem eu era em 1997 e tudo que aconteceu até chegarmos nesse momento.

Será do caralho.

Os ingressos ainda estão disponíveis e custam a partir de R$ 280. A apresentação será na Esplanada do Mineirão, no dia 18 de setembro.

Além de BH, que abre a tour, o Aerosmith também passará por Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba respectivamente nos dias 21, 24 e 27 de setembro. No Rio, a banda se apresenta no Palco Mundo do Rock in Rio. Em são Paulo, ela integra o festival São Paulo Trip, que contará com Guns N’ Roses, Bon Jovi e The Who no line-up.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *