Comida indiana em BH: nossa experiência no restaurante Namastê

Domingo sempre bate aquela preguicinha de preparar o almoço, não é mesmo? Por isso resolvemos dar uma variada no cardápio e pesquisar por lugares que oferecessem comida indiana em BH. E o escolhido da vez foi o restaurante Namastê, no bairro Prado.

A experiência já é muito legal logo na entrada, quando nos deparamos com a decoração. São diversos quadros que nos remetem à cultura indiana, a maioria com imagens de elefantes, templos sagrados e representação de Deuses. Eu particularmente também adorei o cardápio, e com certeza contribui para a gente sentir ainda mais vontade de experimentar tudo.

comida indiana em bh

 

Os pratos escolhidos: Samosas e Channa Masala

 

Como o Tullio não come carne, logo que abrimos o cardápio procuramos pelos pratos vegetarianos e a quantidade de opções não deixou a desejar!

De entrada decidimos experimentar as famosas Samosas de Legumes. Trata-se de um pastel recheado com batata, ervilha e outras especiarias indianas. Para acompanhar, vieram também 3 tipos de chutney simplesmente deliciosos, nos sabores mamão, maracujá e ervas diversas.

comida indiana em bh Samosas de Legumes

Esses pasteizinhos eram sequinhos, mas com pouco tempero, o que achei excelente, porque combinou direitinho com os molhos. Ah, e serve bem duas pessoas!

Comida indiana em BH: nossa experiência no restaurante Namastê - Guia MV, Gastronomia, Comida Indiana, Belo Horizonte

menu comida indiana namaste

Já para prato principal escolhemos o Channa Masala, que é feito de grão-de-bico cozido ao molho masala. De acompanhamento, a garçonete indicou o arroz Kesari pullao, que também é temperado com especiarias indianas.

Para quem não está acostumado à pimenta, o prato pode parecer um pouco “ardente”, o que foi o meu caso. Já o Tullio achou que poderia ser mais apimentado. O grão-de-bico é bem cozido e ficou delicioso com o masala. Nos arriscamos a adicionar os chutneys que vieram com as Samosas e também ficou muito bom.

 

O Channa Masala tem aproximadamente 300 gramas e, se acompanhado do arroz, serve bem duas pessoas.

 

comida indiana em bh channa masala

De bebida escolhemos o Lassi com vodka, que é feito de iogurte caseiro batido com fruta. No caso, escolhemos o de maracujá. Me lembrou um pouco drinks feitos com leite condensado. Bem leve e gostoso.  

 

Nossa opinião final

Acho que para uma primeira experiência com comida indiana em BH o Namastê é uma excelente escolha. Fomos muito bem recebidos pelos funcionários, que pacientemente ouviram nossas dúvidas e nos deixavam consultar o cardápio várias vezes.

comida indiana em BH tullio dias juliana lacerda

A única coisa que me incomodou foi o cheiro extremamente forte de gordura que sentimos quase o tempo todo em que estivemos lá dentro, e que ficou impregnado nas roupas e cabelo depois que fomos embora.

No mais, acho que é uma excelente escolha para quem também quer mudar um pouco a rotina e experimentar novos sabores. Fica a dica!

E você? Também já foi ao Namastê ou conhece outro restaurante indiano para nos indicar? Quem sabe também não falamos dele por aqui? Conte pra gente nos comentários!

 

Um comentário em “Comida indiana em BH: nossa experiência no restaurante Namastê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *