Não consigo parar de escutar “The Blower’s Daughter”

“The Blower’s Daughter” virou o cartão de visitas de Damien Rice no mundo e ficou famosa por dois motivos: 1) Trilha sonora do filme Closer; 2) A versão brasileira com Seu Jorge e Ana Carolina berrando “não sei parar de te olhar”. Espero que o motivo 2 não tenha te feito ter preguiça do trabalho do Damien Rice, pois estamos na terceira edição da nossa análise da sua obra.

DIZ A LENDA que Rice escreveu a faixa para a filha do seu professor de clarineta. Outra lenda, contada supostamente pelo próprio cantor num show, é que durante o tempo em que trabalhou num call center, ele ficou encantado com a voz de uma garota e ficou horas conversando com ela. A partir daí, todos os dias, o senhor Damião Arroz ligava para conversar com a garota até o dia em que ela desapareceu e deixou o cara pistola da vida. Como todo sagitariano controlador que se preze, Damien tomou a decisão mais sensata possível e decidiu matar serviço um dia e fazer tocaia na porta da casa da garota. Para seu choque, ouviu a voz que havia desaparecido e viu que se tratava de uma garota que ainda estava na escola. Como ficou com medo de ser chamado de pervertido pelos amigos, ele teve que guardar essa história para si mesmo até compartilhar publicamente em uma apresentação.

Seja lá qual for a versão que importa, vou continuar buscando encontrar padrões e a verdadeira história por trás de todas as suas composições. Recomendo a leitura dos outros dois posts anteriores antes de prosseguir: “Delicate” e “Volcano“.

Após o que parece ser um momento de ruptura na relação tóxica introduzida nas duas primeiras faixas, nosso protagonista reflete sobre sua vida longe da amante. No entanto, ele permanece obcecado com a ideia de manter uma proximidade com ela (explícito no refrão stalker).

Pouca gente sabe, mas “The Blowers Daughter” tem uma continuação em “Elephant”, do disco 9, de 2006. Ambas músicas falam sobre “esquecer a brisa”, o que pode significar a forma como eles se sentem quando estão juntos.

O final, assim como acontece em “Volcano”, mostra que nosso protagonista é dependente emocional de sensações negativas e que possui mais amor pela ideia de ser rejeitado do que pela pessoa que está em sua vida.

Letra da música

And so it is just like you said it would be
Life goes easy on me
Most of the time
And so it is the shorter story
No love, no glory
No hero in her sky

I can’t take my eyes off you
I can’t take my eyes off you
I can’t take my eyes off you
I can’t take my eyes off you
I can’t take my eyes off you
I can’t take my eyes

And so it is just like you said it should be
We’ll both forget the breeze
Most of the time
And so it is the colder water
The Blower’s daughter
The pupil in denial

I can’t take my eyes off you
I can’t take my eyes off you
I can’t take my eyes off you
I can’t take my eyes off you
I can’t take my eyes off you
I can’t take my eyes

Did I say that I loathe you?
Did I say that I want to leave it all behind?

I can’t take my mind off you
I can’t take my mind off you
I can’t take my mind off you
I can’t take my mind off you
I can’t take my mind off you
I can’t take my mind
My mind, my mind
‘Til I find somebody new

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *